(31) 2531-3161
WhatsApp

Chat CRM Educacional

5 Dicas de captação e retenção para cursos EAD

5 Dicas de captação e retenção para cursos EAD

Publicado em 07 agosto 2017 e escrito por

Estou bem focado em ajudar as IES na captação e retenção de alunos dos cursos EAD. Existem grandes IES que tem ótimas estratégias EAD, mas percebo que muitas ainda possuem poucas estratégias especificas de atração e retenção e a maioria das vezes, semelhantes as feitas para os cursos presenciais.

O ensino superior a distância ainda não tem a confiança de grande parte dos potenciais estudantes. Um levantamento feito pelo Instituto Data Popular revela que 93% dos jovens com menos de 24 anos e 79% dos que têm mais de 24 anos não querem fazer cursos a distância, nem semipresenciais. Eles desconfiam da qualidade da formação e têm medo de o curso não ser valorizado pelo mercado de trabalho.

Então, como implantar ações voltadas para intensificar o relacionamento considerando o comportamento organizacional e a cultura EAD brasileira? Como aplicar a tecnologia no desenvolvimento de redes colaborativas para aumentar a captação e reduzir a evasão de alunos? Como envolver as coordenações e os docentes nesse processo? Como e o que investir para obter os melhores resultados?

Com todas essas questões, desenvolvi algumas sugestões que podem ser a chave de novas estratégias personalizadas para a sua instituição, venha  conosco e espero que possamos te ajudar.

MERCADO ATUAL E PROFISSIONALISMO

Para ampliar a oferta de cursos de ensino superior no país, em junho deste ano, o MEC publicou uma portaria que determina uma série de mudanças na regulamentação do EAD. A portaria institui o decreto nº 9.057 que regulamenta o art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que trata da criação e desenvolvimento de ensino não presencial.

O documento flexibiliza a criação de cursos, como a criação de polos de educação a distância pelas próprias instituições já credenciadas para esta modalidade de ensino, aperfeiçoando procedimentos, desburocratizando fluxos e redução do tempo de análise e o estoque de processos.

Isso abre o mercado para novos players, tornando mais competitivo e exigindo maior profissionalismo nas áreas de marketing e relacionamento comercial da IES. Além de processos e tecnologia que ajudem esses setores a cumprirem as metas de novas matriculas do EAD.

NOTORIDADE

Hoje, quando você vai contratar um serviço sempre buscamos indicação, ter cases de sucesso é uma parte fundamental para que uma empresa se diferencie no mercado, não é mesmo? O mesmo acontece quando um aluno procura uma instituição. Muitos alunos quando estão na fase da escolha tem receio quanto ao curso EAD e o reconhecimento dele no mercado de trabalho. Desenvolver conteúdos educacionais, com testemunhos de alunos e pessoas bem-sucedidas que optaram pelo curso EAD será um diferencial muito grande para seus futuros alunos.

Cases de sucesso sempre geram uma segurança na hora de tomar a decisão. Portanto, quanto melhores forem os cases de sucesso dos ex-alunos da sua instituição, mais seus futuros alunos estarão confiantes que estão tomando uma boa decisão sem comprometer sua carreira profissional.

MERCADO DE TRABALHO

Uma grande dificuldade de qualquer candidato e aluno do ensino superior, inclusive do EAD, é procurar vagas relacionadas ao curso em andamento. Convênios com empresas de estágios e opções de vagas no portal, site, canais dos alunos, mídias sociais ou enviadas semanalmente por e-mail via régua de relacionamento do seu CRM de captação e retenção, são conteúdos com potencial de diferenciação da sua IES.

Desenvolva e certifique também que todos os alunos e futuros alunos EAD recebem conteúdos educacionais que falem sobre todas as possibilidades de bolsa de estudo que sua instituição oferece, como eles podem conseguir a bolsa e o que precisam para isso.

Dica de captação e retenção de alunos: Clique aqui

ATIVIDADES EXTRAS

Mais do que o material obrigatório de leitura do curso, oferecer para os alunos EAD uma biblioteca online, demonstra a preocupação da instituição com o conhecimento geral do aluno. Assuntos como: liderança, desenvolvimento do talento individual, economia global, empreendedorismo ofertados de forma virtual e gratuita são uma do que a instituição espera desenvolver no aluno.

Outra coisa muito importante fazer com que o aluno do EAD se sinta “pertencente” a instituição. Você pode tangibilizar essa sensação de pertencimento através de transmissões ao vivo das palestras, simpósios, atividades que estão acontecendo dentro da estrutura presencial da IES são uma boa maneira de atrais novos candidatos e manter os atuais alunos participantes da vida acadêmica da IES.

CAPTAÇÃO SEGMENTADA

Como eu falei no texto Por que o inbound marketing é o diferencial que falta na sua IES? O marketing de atração é capaz de alcançar as pessoas certas, na hora certa, com custos menores para o seu processo seletivo.

Através dele é possível estimular o interesse, através de alguns indicadores como:

  • Localização: No curso EAD o seu candidato pode estar em qualquer lugar, então porque focar seus esforços somente na sua região;
  • Variável Social: Através de um funil estruturado é possível perceber os desejos e anseios dos candidatos;
  • Régua de relacionamento: Saber usar a linguagem certa com cada interessado, estimulando o mesmo a realizar a matricula;
  • ROI: Além da análise quantitativa de cliques e visualizações, saber quais anúncios estão convertendo melhor para cada curso.
  • Entre outras

PREVER A EVASÃO

Assim como na captação, o trabalho de retenção se dá a partir de decisões que podem ser agilizadas com o uso da tecnologia. E um bom trabalho nessa área começa com o entendimento dos fatores que provocam a evasão.

Os motivos do abandono são aspectos fundamentais para reduzir os riscos de evasão. E estão ligados a aspectos como: baixo rendimento acadêmico, experiência do aluno com o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), experiência de atendimento com o polo, atraso nas mensalidades, problemas familiares, proposta de valor vendida diferente da entregue, corpo docente desmotivado ou despreparado, mudança em regras acadêmicas ou financeiras, falta de uma área de relacionamento com aluno etc.

Mas é possível detectar alunos com elevado potencial de evasão. Além disso, com base na análise de dados históricos da instituição, mostrar qual tipo de ação é mais efetivo para cada caso. Para um aluno pode-se sugerir uma mudança de curso, para outro, uma negociação da dívida ou um programa de financiamento e, ainda, oferecer recolocação profissional via parceiros e oportunidade de estágio para o aluno. Dessa forma, a tecnologia é uma grande aliada no trabalho de retenção e garantia do fluxo de caixa da IES.

Pronto para atrair mais alunos no EAD?

Sobre o autor:

Daniel Antonucci CEO e Co-Founder na CRM Educacional, empresa especializada em Captação, Permanência e Fidelização de Alunos, também atua como docente em cursos de MBA de Marketing e de Tecnologia da Informação e realiza palestras em diversas Faculdades e Universidades pelo Brasil. Possui formação em Inovação e Empreendedorismo em Stanford, MBA em Marketing pela ESPM e Mestrado em Gestão pelo Centro Paula Souza, onde desenvolveu pesquisa sobre Modelos de Maturidade de Gestão Acadêmica em Instituições de Ensino Superior, além de especialização em ferramentas de CRM como o Dynamics CRM da Microsoft. Atua também no Conselho de Administração de empresas de marketing e tecnologia.

COMPARTILHE: