(31) 2531-3161
WhatsApp
Início » Blog » A importância da comunicação eficaz em época de crise

A importância da comunicação eficaz em época de crise

Publicado em 22 abril 2020 e escrito por

A pandemia do COVID-19 representa um desafio não só para as autoridades de saúde e governantes, mas também para o setor educacional de todo o país, em termos de planejamento das medidas a serem tomadas.

Além de repensar novas estratégias para otimizar a permanência dos alunos, este é o momento de desenvolver uma estratégia de comunicação eficiente para identificar e divulgar as ações que serão adotadas para o enfrentamento da crise.

Reunimos aqui algumas dicas essenciais para sua instituição desenvolver conteúdo de relevância e se comunicar de forma objetiva com seu público. Siga com a leitura e saiba como planejar uma estratégia de comunicação eficiente durante a crise do coronavírus.

 

Defina uma equipe preparada

Centralizar em uma única equipe a função de ser a fonte de informação externa vai garantir um posicionamento unificado e, principalmente, evitar ruídos na comunicação.

Para isso, é importante capacitar estes colaboradores para que eles possam auxiliar no momento de crise e tornarem os porta-vozes oficiais, contribuindo para a construção de uma imagem positiva da sua instituição.

 

Identifique o que seu público deseja saber

Neste cenário, é essencial que sua instituição de ensino já tenha segmentando toda a base de contatos para se comunicar de maneira assertiva, com cada um de seus públicos. A atenção deve ser dada, igualmente para todos:

  • Leads;
  • Alunos;
  • Colaboradores;
  • Comunidade local.

No caso dos leads, em todas as etapas do funil, o interesse estará voltado para as mudanças de datas dos processos seletivos, matrículas e/ou entregas de documentação.

Para os alunos matriculados, os anseios estarão voltados para questões de segurança e adequação na prestação do serviço oferecido pela instituição. Como, por exemplo as novas formas do corpo docente ministrar as aulas e até mesmo da situação do próprio calendário acadêmico.

Já os colaboradores e comunidade local vão esperar saber o posicionamento da sua instituição frente à situação. Como quais serão as medidas tomadas para evitar a proliferação dos vírus e garantir com que todos envolvidos tenham seus direitos assegurados.

 

Seja transparente

Pode ser que a sua instituição ainda não tenha previsto todas as ações emergenciais e quais as medidas que serão tomadas. Dada a instabilidade da situação, é compreensível que ainda não se tenha todas as respostas.

Para ganhar a confiança e transmitir credibilidade para o seu público, é fundamental manter uma comunicação transparente neste caso.

Tudo que já estiver estabelecido deve ser comunicado de imediato e o que não estiver definido também precisa ser comunicado como tal, deixando claro que a instituição está sempre em busca da melhor alternativa.

Portanto, busque não omitir nenhuma informação e esteja aberto ao diálogo. Dê espaço para receber os feedbacks e sempre mantenha um canal de comunicação direto com seu público, que não pode se sentir desamparado.

 

Combata as fake news

A era digital agiliza a divulgação de informações confiáveis, mas infelizmente, contribui também para a disseminação das fake news, ou seja, notícias falsas.

Com isso é indispensável que a Instituição busque sempre divulgar dados verificados e atualizados. De preferência:

  • Consulte fontes oficiais;
  • Busque informações apenas em site confiáveis;
  • Faça a checagem dos dados em mais de um canal de comunicação.

Tudo muda e atualiza muito rápido. Portanto, mais do que nunca, o importante é prezar pela qualidade e veracidade das informações.

 

Mantenha seus canais de comunicação ativos

Para que o seu público não se sinta desamparado neste momento de incertezas, não deixe de manter os canais de comunicação da sua instituição sempre ativos e atualizados.

  • Sites;
  • Redes sociais;
  • E-mails;
  • Telefones (quando possível)

Estes canais devem ser constantemente gerenciados e monitorados não apenas para atender às demandas externas, como para transmitir as informações com uma certa periodicidade.

Neste momento cabe buscar as inovações. Envolver toda a comunidade acadêmica, de forma criativa, como por exemplo:

  • Campanhas sociais;
  • Análises de professores especialistas;
  • Criação de vídeos com dicas e conteúdos breve.

São algumas ações simples que pode ser uma boa oportunidade de dar destaque para a sua instituição e fazer com ela se torne referência em divulgação de conteúdo.

Enfim, traçar uma boa estratégia de comunicação durante a crise do COVID-19 pode dar o fôlego necessário para a sua instituição atravessar este momento, onde cresce o interesse de todos por saber dos fatos e se sentir amparado.

 

Produzido por Stela Diogo, Produtora Audiovisual CRM.

Sobre o autor:

Convidado

COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias