(31) 2531-3161
WhatsApp
Início » Blog » A importância do Endomarketing para a sua IES

A importância do Endomarketing para a sua IES

Publicado em 03 outubro 2018 e escrito por

Se você acredita que sua empresa pode alcançar alguns objetivos, como captar e reter mais alunos se suas equipes trabalharem mais motivadas e felizes, você está certo! E para que isso aconteça, endomarketing e IES precisam andar juntos.

Pensando nisso, preparamos o artigo para que você conheça a relação entre endomarketing e IES, além das vantagens de optar por essa parceria em seu negócio. Acompanhe!

O que é endomarketing?

O endomarketing toma como base a comunicação interna, por isso a estratégia é também chamada de marketing interno — tendo como objetivo melhorar a imagem empresarial entre os seus colaboradores e deixá-los ainda mais motivados.

Endomarketing e IES: quais são as vantagens dessa união?

Agora que você já conhece o conceito de endomarketing, vejamos os principais benefícios que ele pode trazer à sua instituição de ensino:

Aumento da produtividade

Uma vez que todos os colaboradores estejam cientes do objetivo da IES e da importância que as suas atividades têm para chegar lá, a produtividade deles aumenta.

Por exemplo, um membro do call center pode atender uma ligação e fazer a matrícula simplesmente porque esse é o seu trabalho. Porém, ao ter ciência de que cada matrícula realizada contribui para o sucesso da IES, e do colaborador enquanto profissional, sua produtividade tende a aumentar.

Melhora do engajamento da equipe

Além do mais, o endomarketing também faz com que os departamentos da sua instituição fiquem mais engajados. Assim que cada um entende a importância das funções do outro setor, o trabalho em equipe funciona melhor.

Se um aluno estiver com dificuldades em gerar um boleto para fazer o pagamento, por exemplo, isso não corresponde apenas ao financeiro — que deve resolver esse problema —, mas também ao atendimento que precisa zelar pela retenção de alunos.

Aumento da satisfação no trabalho

Para que a sua IES seja a melhor para os seus estudantes, é fundamental que também seja para os colaboradores. Pois, dessa forma, a satisfação no trabalho aumenta — e funcionários felizes com suas funções são mais produtivos, além de oferecerem maior receita para a companhia.

Como colocar o endomarketing em ação na sua IES?

É capaz que você já tenha realizado ações de endomarketing sem se dar conta, pois elas envolvem desde uma festa no final de ano, até uma simples reunião interna. Reunimos abaixo algumas práticas que você pode adotar para aplicar o endomarketing na sua IES:

Crie canais internos de comunicação

Estabeleça canais para que todas as informações sobre a IES estejam disponíveis aos seus colaboradores via murais, e-mails, informativos internos, grupos de discussão, etc.

Porém, lembre-se que tão importante quanto informar é ouvir o que os membros da instituição têm a dizer. Essa troca de informações e sugestões ajudam a criar uma cultura colaborativa na instituição.

Realize treinamentos entre as suas equipes

Treinar os times é uma das bases do endomarketing, pois além de ajudá-los a executar melhor as suas tarefas, também ampliam o seu sentimento de pertencimento nos processos da instituição.

Faça pesquisas internas

O endomarketing também deve acompanhar as estratégias da empresa, e uma das melhores formas de fazer isso é por meio de pesquisas de satisfação, realizadas com os colaboradores.

É importante que elas sejam feitas periodicamente para entender o que foi preciso mudar e quais melhorias foram aplicadas no intervalo entre uma e outra.

Gostou do artigo sobre como a junção de endomarketing e IES pode ser proveitosa para o seu negócio? Aproveite e siga-nos nas redes sociais. Estamos no FacebookTwitter e LinkedIn!

Sobre o autor:

Daniel Antonucci CEO e Co-Founder na CRM Educacional, empresa especializada em Captação, Permanência e Fidelização de Alunos, também atua como docente em cursos de MBA de Marketing e de Tecnologia da Informação e realiza palestras em diversas Faculdades e Universidades pelo Brasil. Possui formação em Inovação e Empreendedorismo em Stanford, MBA em Marketing pela ESPM e Mestrado em Gestão pelo Centro Paula Souza, onde desenvolveu pesquisa sobre Modelos de Maturidade de Gestão Acadêmica em Instituições de Ensino Superior, além de especialização em ferramentas de CRM como o Dynamics CRM da Microsoft. Atua também no Conselho de Administração de empresas de marketing e tecnologia.

COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias