Convidado

A evasão escolar é um dos grandes desafios das instituições de ensino e tem um impacto direto sobre o desenvolvimento da educação no país. Para reduzir esse índice, é importante investir em estratégias de permanência dos alunos e contar com soluções tecnológicas que ajudem a melhorar a qualidade do ensino e o desempenho dos profissionais.  A evasão escolar acontece quando o aluno, geralmente por motivos externos, não se matricula no ano subsequente. Esse conceito é importante para compreender melhor o problema e diferenciá-lo do abandono escolar, que é quando o aluno deixa de frequentar as aulas durante o ano letivo.  A desistência dos estudos pode ser influenciada por inúmeras situações como causas sociais, econômicas e/ou psicológicas. No Brasil, a falta de estrutura familiar, o desinteresse, a necessidade de entrar para o mercado de trabalho e o bullying são alguns motivos que contribuem para o aumento dos índices de evasão.  Nas instituições privadas de ensino, as consequências desse indicador podem afetar profundamente a organização, por isso é importante que sejam criadas estratégias para manter a qualidade do ensino e evitar o agravamento do problema.  Evasão escolar no contexto da pandemia de coronavírus  Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
Na 6° edição do CRMaker Summit tivemos uma palestra apresentando um case de sucesso entre a empresa Contraktor e a Universidade Católica de Santa Catarina. Bruno Doneda, CEO da empresa e Sarah Violim, coordenadora do Contact Center da instituição, trazem as dificuldades que enfrentaram no cenário da pandemia e como encontraram soluções para resolvê-los.   É fato que para ser uma empresa referência em seu meio é necessário procurar se reinventar para encontrar e enfrentar as possíveis dificuldades que acontecem durante o processo. E para isso, é necessário encontrar parceiros com o mesmo objetivo que facilitam essa jornada.  Para entender melhor sobre o tema, vamos trazer aqui os principais assuntos que foram abordados no bate-papo.  Maiores dificuldades encontradas na jornada do aluno durante o cenário pandêmico:  No início do bate-papo, a mediadora Thais Carvalho, da CRM Educacional, questiona quais foram os principais desafios encontrados durante a jornada do candidato. Mas também quais foram as maiores “dores” que a Contraktor identificou no cenário educacional.  Bruno traz um dado mostrando que as IE’s possuem dois períodos dos quais possuem mais dificuldade. Na matrícula e na rematrícula, durante o cenário da pandemia. Já que anteriormente trabalhavam com formulários físicos e atendimento presencial. Com isso, a digitalização dos documentos, adotado por poucos antes da pandemia, virou algo cultural de todo o mercado.   A relutância que muitos tinham, por serem instituições mais tradicionais, precisou dar espaço para
É fato que para ser uma empresa referência em seu meio é necessário implementar melhorias na jornada do lead. Ou seja, é necessário entender as demandas e procurar de forma ágil as possíveis soluções para o seu cliente. Na 6° edição do CRMaker Summit tivemos uma palestra sobre “Gestão da experiência na jornada do aluno, do lead ao diploma”. Na qual o CO-Founder e CEO da CRM Educacional, Daniel Antonucci, trouxe dados e dicas para a sua instituição de ensino.  Para entender melhor sobre o tema, no artigo abaixo vamos apresentar os principais pontos discutidos na palestra.  Entenda a demanda do cenário educacional:  O palestrante traz um dado muito importante: em 2019 o Professor Lobo realizou uma pesquisa sobre o porquê de existir tanta evasão de alunos depois que entram em uma IE. Os três principais pontos foram:  A IE não liga para o aluno;  Serviço de atendimento é ruim;  O sacrifício não vale a pena.  Esses pontos equivalem a 70% dos motivos da evasão, ficando à frente até dos motivos financeiros.   Apesar da pesquisa ter sido realizada nos Estados Unidos, Daniel acredita que esses fatores também são refletidos aqui no país. Por isso, o mesmo apresenta uma reportagem do Portal G1, onde é possível ver que a demanda por profissionais de dados cresceu em 500% em 2020. Esse aumento é o reflexo da procura que as empresas estão fazendo para encontrar melhorias em
A 6ª edição do CRMaker Summit, realizada em agosto e setembro deste ano, abordou temas tão incríveis, que vamos fazer alguns resumos para você. Neste artigo, trazemos sobre as melhores práticas e estratégias de atendimento e captação de alunos, no ensino básico. Temas de duas palestras apresentadas no evento.  A Coordenadora de Marketing e Relacionamento no Grupo Marista, Michelle Maia, apresentou as melhores práticas desenvolvidas pela IE, para alcançarem a excelência de atendimento. Enquanto o professor, vice-reitor e superintendente adjunto da FECAP, Taiguara Langrefe, abordou sobre as estratégias para aumentar a captação no ensino básico, apontando as principais diferenças em relação ao ensino superior.   Quer saber mais? Continue a leitura e conheça as melhores práticas, estratégias exclusivas e inovadoras para aplicar também em sua escola e aumentar a captação de alunos.  Promova um atendimento de qualidade  De acordo o 11º estudo anual Global Consumer Pulse, da Accenture Strategy, 86% dos consumidores param de fazer negócios com uma empresa devido ao atendimento ruim. Ou seja, é o atendimento que vai determinar se os consumidores vão retornar ou até mesmo divulgar determinado serviço ou estabelecimento.   Em uma IE não é diferente. Desde o primeiro contato e até mesmo no contato cotidiano, o atendimento deve ser uma ação contínua para sempre encantar os interessados. Além dos alunos e seus responsáveis. Não só dos profissionais que estão lidando diretamente com eles, mas de todos os envolvidos na IE, auxiliando diretamente na captação. Dessa forma o atendimento poderá se refletir em todas as ações e se concretizar como política de atuação. Com isso, a palestrante Michele Maia deixa a pergunta: como é a
Hoje em um mercado cada vez mais competitivo foi necessário que as Instituições de Ensino buscassem novas alternativas para atingir bons resultados na captação. E além disso, garantir uma experiência única para seu cliente. Mas para isso, se faz necessário investir cada vez mais em recursos de automação e ferramentas para ganhar agilidade nos processos.  É por isso que trabalhar estratégias e um bom planejamento faz com que amplie sua visão para pontos de melhoria em sua Instituição de Ensino dando foco naquilo que realmente é importante.  Mas como iniciar esse processo? E quais pontos devo ter atenção para atuar com melhorias?  Calma! Estes pontos você pode conferir logo abaixo, vamos lá?  Estratégias de captação Para iniciar uma estrutura de captação é importante que você faça uso de ferramentas estratégicas que possibilitam um bom acompanhamento. E traga uma visão macro de como está caminhando cada fase das buscas por novos clientes/alunos.   Para um ponto inicial e ter etapas bem definidas, a utilização do Funil de Captação é essencial. Com ele, será fácil traçar ações para atrair e converter seus clientes.  Tenho certeza que Funil de Captação é um tema que você já conhece. Mas para se aprofundar ainda mais, você pode acessar também nossos conteúdos disponíveis sobre esse assunto:  
Sabemos que o atendimento digital está ganhando cada vez mais espaço principalmente dentro das instituições de ensino. E que tem se destacada neste meio é a transformação digital que chegou para trazer mais soluções para melhorar e agilizar o suporte aos usuários. Além de agregar valor na marca das empresas. Por isso, investir no relacionamento com o cliente é tão importante quando falamos de retenção de uma empresa.  Para que as necessidades dos alunos e candidatos sejam atendidas, é fundamental que as IE’s busquem promover sempre a melhor experiência nos touchpoints com os candidatos. Por isso, resolvemos trazer uma palestra que aconteceu no CRMaker Summit, um evento da CRM Educacional que explica melhor como você deve desenvolver a área de atendimento na sua IE. Apresentada por Augusto Guimarães, nosso Diretor de Negócios em sua palestra na 5ª Edição do CRMaker Summit.  O que você faz com os dados dos seus usuários?  Cada cliente que interage com uma marca deixa pistas e é por isso que o primeiro ponto abordado na palestra foi: O que você faz com esses dados?   Quando falamos sobre relacionamento com o cliente nas plataformas digitais é necessário ter conhecimento do que fazer com os dados informados. Por isso, ao abordar esse assunto, entramos em um ponto chave: Qual o nível de satisfação referente ao

Quer mais informações sobre marketing educacional e gestão de leads?

Deixe seu contato e receba técnicas eficientes diretamente no seu e-mail.
[NOVO SITE] Popup Imprensa

Não saia ainda!

Preencha seus dados abaixo e agende uma demonstração.

[NOVO SITE] Popup Imprensa

Entre em contato com nossa assessoria de imprensa

Preencha seus dados abaixo e um de nossos especialistas entrará em contato.

[NOVO SITE] Popup Imprensa

Quer conhecer nossas soluções?

Preencha seus dados abaixo e um de nossos especialistas entrará em contato.