(31) 2531-3161
WhatsApp

Chat CRM Educacional

5 Fantásticas Dicas de Marketing Educacional para sua IES

5 Fantásticas Dicas de Marketing Educacional para sua IES

Publicado em 19 outubro 2016 e escrito por

Pesquisas apontam que a demanda de estudantes nas Instituições de Ensino Superior no Brasil cresceu 73% em uma década. O Ensino Superior no Brasil é um mercado em constante ascensão. Por esse motivo, hoje a concorrência está muito mais acirrada. A boa notícia é que se você adotar uma estratégia inteligente com algumas dicas de marketing educacional, não será tão difícil se destacar em meio a tantos concorrentes..

Acompanhe essas dicas de marketing educacional para você colocar em prática agora mesmo!

Dicas de Marketing Educacional

1 – Aplique o conceito de buyer persona na sua IES

Entender o conceito de buyer persona ou simplesmente persona é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Diferente do público-alvo, que é mais abrangente, o conceito de persona é caracterizado por uma ideia mais estreita e pessoal.

Por exemplo: por meio de pesquisas é possível criar várias personas, que são naturalmente personagens semifictícios, pois são previsões com base na demanda real. Uma de suas personas pode ser a Ivone, uma mãe divorciada que decidiu lutar por sua independência financeira, voltar ao mercado de trabalho e retomar os estudos para crescer profissionalmente.

O maior benefício de identificar as personas do seu mercado é conhecer os anseios e as expectativas de alunos em potencial para aplicar uma estratégia assertiva de marketing focada em captá-los como matriculados.

2 – Trabalhe com uma matriz SWOT

A matriz SWOT, conhecida também como FOFA, é uma técnica simples e ao mesmo tempo muito eficiente que vai te ajudar a ter uma visão global de quatro quesitos muito importantes para identificar problemas e soluções na gestão de marketing da empresa. São eles:

  1. Forças;
  2. Fraquezas;
  3. Oportunidades;
  4. Ameaças.

Reúna a sua equipe e faça uma lista que apresente as informações necessárias dentro dessa matriz. Você vai se surpreender com o diagnóstico e a quantidade de insights que surgirão para você fortalecer os pontos negativos (fraquezas).

3 – Invista suas energias em marketing de conteúdo

É extremamente importante que a sua instituição marque presença nos locais onde o seu público está. Atualmente, mais de 80 milhões de usuários estão acessando a internet de um smartphone. As pessoas estão conectadas a qualquer hora do dia ou da noite, principalmente aquelas que buscam, além do entretenimento, conhecimento e informação.

Produza conteúdo relevante para o seu público. Identifique quais são os anseios da Ivone, nossa persona, e ofereça o que ela está precisando nesse momento. Por exemplo: “Como recomeçar a carreira profissional?” ou “X dicas para conciliar estudo e o cuidado com os filhos”, etc.

No planejamento, você e sua equipe poderão analisar quais canais serão utilizados para se comunicar (blog, youtube, redes sociais) e quais as estratégias serão trabalhadas para captar alunos.

4 – Crie canais de comunicação e interaja com o seu público

Algumas instituições de ensino criam canais de comunicação na internet, mas não respondem em tempo hábil. O resultado é a insatisfação do consumidor, que procura mais informações ou quer tirar dúvidas a respeito do curso, mas é esquecido. Não permita que isso aconteça na sua gestão. Delegue essa tarefa a um colaborador responsável e capacitado para interagir com o seu público com simpatia, rapidez e eficiência.

5 – Monitore os resultados do marketing educacional

É possível que o seu público goste mais de consumir textos que assistir a vídeos, ou vice-versa. As métricas são responsáveis por apontar exatamente quais as estratégias estão apresentando melhores resultados e as que precisam ser melhoradas ou repensadas.

Acompanhar o desempenho das atividades é muito importante para eliminar possíveis falhas antes que elas se transformem em problemas maiores, além de potencializar os resultados do marketing educacional, principalmente no objetivo de captar potenciais alunos.

Gostou das dicas? Qual dessas dicas de Marketing Educacional você aplica ou pretende aplicar na instituição de ensino em que trabalha? Compartilhe a sua opinião.

Sobre o autor:

Daniel Antonucci Mestre em Educação e com MBA em Marketing e em Gestão Acadêmica e Universitária, atualmente Daniel é CEO e Co-Founder na CRM Educacional, empresa especializada em Captação, Permanência e Fidelização de Alunos para Instituições de Ensino. Faz parte do conselho de Administração da Nerus - ERP para Varejo e da 5Seleto – Agência de Marketing Digital. Atua como Docente em cursos de MBA de Marketing e de Tecnologia da Informação em diversas Faculdades e Universidades no Brasil.

COMPARTILHE: