Métricas

Indiscutivelmente, o mercado educacional está vivendo um novo cenário. Com a portaria lançada pelo Ministério da Educação autorizando a substituição de todas as disciplinas presenciais por disciplinas virtuais. As tecnologias ganharam força nas instituições de ensino. Que precisaram se reorganizar, de maneira muito rápida, para aderirem à nova regra de distanciamento social gerada pela COVID-19. Passado este susto, agora a atenção das instituições de ensino se voltou para a captação do novo intake – novo período de processo seletivo. Como por exemplo 2020/2 – que também precisa de novos recursos e argumentos para seus candidatos. Confira abaixo algumas dicas para a sua instituição manter o processo de captação de alunos em meio a este cenário de pandemia. A captação no ensino superior e argumentos de venda Algumas instituições de ensino já estão com seus processos seletivos para o segundo semestre abertos, outras ainda se questionam: Vale a pena captar agora? A resposta é SIM! A captação gera receita para a IE por no mínimo 4 anos. Portanto, ainda que estejamos em um momento incerto, é bem provável que o reflexo do momento atual não permaneça por todo este tempo. Além disso, manter a captação de alunos no ensino superior
A cada final do mês, você prepara um relatório dos resultados das ações do seu setor dentro da IES em que você trabalha. Afinal, muito além de entender o que foi feito e os resultados destes afazeres. É importante parar, pensar a analisar o que será feito para o próximo período. Pelo mesmo motivo, seu setor passa pelos relatórios de gestão na apresentação de resultados. Mas pense: você está se baseando nos dados certos para apresentar o andamento do seu setor? O que estes números ou palavras significam para a dinâmica da empresa e para os lucros que caem na conta do gestor, no fim do mês? Estamos rodeados de informações o tempo todo. Mas se você não se questiona sobre como elas estão sendo utilizadas, talvez todos aqueles longos relatórios de gestão (que você acredita estarem completos e cheios de potencial). Dotados de números e observações, podem parecer, para muita gente, mais (no mínimo) vinte minutos exaustivos de bombardeamento informacional, que não acrescentam nada em termos de crescimento da IES. Então, o que a instituição deve medir? O trabalho com o marketing, em qualquer tipo de segmento, deve ser estudado por base no comportamento deste mercado. Não seria

Quer mais informações sobre marketing educacional e gestão de leads?

Deixe seu contato e receba técnicas eficientes diretamente no seu e-mail.
[NOVO SITE] Popup Imprensa

Não saia ainda!

Preencha seus dados abaixo e agende uma demonstração.

    [NOVO SITE] Popup Imprensa

    Entre em contato com nossa assessoria de imprensa

    Preencha seus dados abaixo e um de nossos especialistas entrará em contato.

    [NOVO SITE] Popup Imprensa

    Quer conhecer nossas soluções?

    Preencha seus dados abaixo e um de nossos especialistas entrará em contato.