Panorama do Mercado Educacional Privado: captação e permanência. Uma escolha ou um equilíbrio necessário?

Na primeira parte do nosso Panorama do Mercado Educacional Privado, falamos sobre os números absolutos do ensino superior no que diz respeito ao equilíbrio entre entradas  e evasão de alunos nas instituições.

Estes dados por si só podem ser utilizados para garantir o sucesso e a sustentabilidade das instituições de ensino, mas podem se tornar ainda eficazes se analisarmos o que acontece por trás destes números, isto é, por quê os alunos evadem.

Aprofundando um pouco mais no tema evasão, uma pesquisa que fizemos em nossos clientes que utilizam o nosso produto de Retenção de Alunos fica claro que existem dois principais motivos que levam a evasão de um aluno:

Claro que existem outros fatores como distância da faculdade, tempo de deslocamento, incompatibilidade com horário de trabalho, mas as duas citadas acima concentram mais de 50% das evasões.

Mas de nada adianta falarmos de retenção (ou permanência de alunos) se você não souber exatamente como está a evasão em sua instituição. Então, como primeira providência, nossa sugestão é seguir estes três passos que irão te tirar do escuro no que tange aos indicadores de evasão

E neste terceiro ponto, é fundamental que exista um processo bem desenhado de “desligamento” deste aluno, para que você possa entender o real motivo das evasões que ocorrem em sua instituição. Quer um exemplo? Invés de perguntar para o aluno “Porque você está saindo”, comece perguntando “Porque você se matriculou nesta faculdade? E neste curso?”. Partindo da conexão com o sonho dele, com certeza você terá mais profundidade e chegará ao real motivo da saída.

Não importa muito como você estruturou estes dados. Claro que se você tiver uma ferramenta como o CRM Educacional, você terá muito mais facilidade para registrar e tabular esses dados, mas se você ainda não tem, o bom e velho Excel pode te ajudar.

De posse deste painel de indicadores que você acabou de criar, você poderá identificar, além das taxas de evasão e dos motivos que levam os alunos a evadir, entender quais cursos, turnos, campi, polo estão com taxas maiores ou menores de evasão e cruzar com os motivos que você identificou. De posse destas informações, você poderá traçar estratégias específicas para cada ponto de evasão, além de entregar soluções personalizadas para cada tipo de evasão identificada.

Para você entender o impacto que uma estratégia de Gestão da Permanência de Alunos pode gerar, vamos simular uma faculdade de 5.000 alunos, com uma taxa de evasão de 20% ao longo dos 4 anos de curso e com mensalidade média de 1.000,00. Para este exemplo, vamos considerar que na média, todos alunos evadem na metade do curso (apesar de sabermos que 65% dos alunos evadem no primeiro semestre e 80% no primeiro ano de curso). Com isso, esta faculdade perderá 1.000 alunos que potencialmente pagariam mais 24 meses de curso. Isso significa uma perda de 24 milhões de reais de faturamento. É muito dinheiro!

E se você conseguisse, com metodologia, tecnologia e uma equipe bem preparada, reduzir a evasão em 3 pontos percentuais? Vamos refazer a conta? Invés de perder 1.000 alunos, a você perderia 150 alunos a menos, mantendo 3.6 milhões de faturamento. Novamente, é muito dinheiro!

Mas como faço para conseguir este resultado? Como disse um pouco acima, estruturando três pilares:

E para fechar com a cereja do bolo, e se esta tecnologia, neste caso o CRM Educacional para Retenção de Alunos, te avisar, com antecedência, quais alunos têm maior chance de evadir? Pois é exatamente isso que ele faz!

Tenha domínio sobre os resultados da sua instituição, trabalhando ativamente e pró-ativamente todos os pontos que impactam na Captação e na Permanência dos alunos.

Mas comece agora, para colher os resultados no próximo intake!

Daniel Antonucci
Daniel Antonucci é Mestre em Educação e possui MBA em Marketing e em Gestão Acadêmica e Universitária. Apaixonado por Gestão, Tecnologia e Relacionamentos e com experiência de mais de 15 anos no Ensino Superior Brasileiro é CEO e co-fundador do CRM Educacional, empresa especializada em CRM para Instituições de Ensino. É também sócio e conselheiro da 5Seleto – Agência de Marketing Digital especializada em Educação, conselheiro da Bearings Vocacional, empresa especializada em orientações de carreiras e também atua como Docente em cursos de MBA e em oficinas e cursos do SADEBR – Seminário de Ações Digitais na Educação Brasileira.