(31) 2531-3161
WhatsApp

Chat CRM Educacional

Início » Blog » Por que o Ensino Híbrido será uma tendência?

Por que o Ensino Híbrido será uma tendência?

Publicado em 28 setembro 2020 e escrito por

A pandemia do Covid-19 está mudando o comportamento, a forma de consumo, as relações, o trabalho, enfim está remodelando a sociedade.  

Na educação não foi diferente. O modelo tradicional de ensino teve que se adaptar às transformações na forma de entregar seus conteúdos, acelerando melhorias que estavam na pauta, mas acabavam sendo deixadas em segundo plano. 

Com todas essas mudanças, as instituições de ensino se viram obrigadas a encontrar meios mais sofisticados e flexíveis de aulas, como por exemplo, a modalidade de ensino híbrido, que está revolucionando a forma como as instituições de ensino proporciona a experiência completa do ensino. 

Com o passar dos meses, outras preocupações foram surgindo e se tornando prioridade para os gestores das instituições de ensino, entre eles, a captação de alunos no cenário em que estamos vivemos. 

A captação de alunos é um desafio para qualquer instituição de ensino, em um momento de crise como estamos vivendo a atenção aos detalhes da estratégia de captação precisa ser ainda maior. Quem acompanha nossos artigos sabe que para uma estratégia de captação de sucesso, é necessário reduzir a evasão de alunos.  

Os atuais alunos da sua instituição são os principais advogados da sua marca, ou seja, nada melhor do que alguém que tem a experiência dentro da sua instituição para fazer propaganda de graça pra você. Por isso, um dos principais pontos de atenção é manter a qualidade do ensino e serviços mesmo em tempos de aulas à distância ou ensino híbrido.  

Panorama atual 

De acordo com a análise do Fórum Econômico Mundial sobre os impactos da pandemia na educação, milhões de pessoas ao redor do mundo continuaram seus estudos pelo meio digital, que trouxe novas metodologias pedagógicas através da flexibilidade que a tecnologia permite. 

A tecnologia foi utilizada como uma alternativa ao adiamento das aulas presenciais, ou seja, uma solução paliativa trouxe mais inovação a um setor que teve mais resistência às mudanças, acreditando e investindo sempre no modelo tradicional de ensino.  

Com todo esse cenário, é visível a mudança de visão dos profissionais de educação para a grande necessidade de implementar novos metodologias e práticas dentro das salas de aula com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino e número de alunos se aperfeiçoando.  

Por isso, é muito importante que a sua instituição acompanhe a evolução das tecnologias digitais, para que possam aprimorar os processos tanto de aprendizagem quanto de relacionamento para atrair e engajar os futuros e atuais alunos.  

Quer saber como sua IE pode seguir este mesmo caminho? Entenda a seguir! 

O que é Ensino Híbrido? 

O Ensino Híbrido é a metodologia de ensino que une as melhores práticas educacionais offline – o modelo tradicional presencial – e online – utilizando as tecnologias digitais para desenvolver o ensino.  

Um legado da pandemia do coronavírus é o simples fato de estarmos usando tecnologia como para nos comunicar, comprar e claro, aprender. Por isso, acreditamos que o ensino híbrido é uma das grandes tendências para o futuro do setor de educação e muitas escolas e instituições do ensino superior vão passar a adotar essa modalidade. 

Por que o Ensino Híbrido será uma tendência? 

Para responder esta questão, é importante partir do pressuposto que cada pessoa tem um processo de aprendizado diferente. Ou seja, a sua instituição de ensino não pode oferecer os mesmos métodos para todos os alunos, e pelo fato de a metodologia do ensino híbrido ser mais flexível e conseguir se adaptar a cada aluno, faz com que ela esteja ganhando mais força. 

Coloca o aluno no centro do processo de ensino 

Com todas as ações que temos visto com o objetivo de mitigar o impacto da pandemia no setor de educação, é possível que haja uma redução das aulas presenciais – modelo tradicional de ensino – sendo substituídas por novos modelos de aulas que colocam os alunos no centro do processo de ensino, onde os alunos se tornam protagonistas e consigam trocar experiências e fazer network. 

Essas novas modalidades de ensino, mostram um novo caminho para as instituições de ensino tem sido debatido por uma maioria de educadores e educadoras, trazendo melhorias nas rotinas dos discentes, no acompanhamento familiar, planejamento pedagógico e estratégico da gestão da instituição. 

Mais personalizado 

O aprendizado através do ensino híbrido é mais personalizado, mais dinâmico. Quando falamos da implementação desta modalidade para o ensino básico, os benefícios chegam até as famílias e professores(as), que conseguem acompanhar todo o processo de aprendizado e engajamento dos alunos.  
 

Proporciona uma experiência de engajamento com as famílias  

Com esse novo cenário das aulas online – o homeschooling – fizeram com que os pais e/ou responsáveis estivessem mais próximos e acompanharem de perto o processo de aprendizado das crianças e adolescentes. Além de assistem às aulas, sabem o nível de engajamento dos filhos.  

Mais praticidade 

Tempo, ritmo e local de estudo são pontos que no modelo híbrido permitem uma maior adaptabilidade e mais flexibilidade, ou seja, o aluno que consegue administrar melhor seus estudos.  

Participação e engajamento do aluno nas aulas presenciais 

A interação entre os alunos é muito importante e ela pode acontecer tanto em atividades em grupo, ou individual, mas quando são realizadas em sala de aula, os alunos valorizam mais as relações entre aluno e professor e entre os colegas de classe. 

Modelos de ensino híbrido 

A modalidade de ensino híbrido reúne práticas que são mais adaptadas ao modelo de ensino que temos hoje no Brasil, como: rotação por estações, laboratório rotacional e sala de aula invertida. 

Rotação por estação 

Este modelo prevê a criação de um circuito dentro da sala de aula que se divide em estações de estudo. Em cada uma das estações terá uma atividade diferente sobre o mesmo tema central – ao menos uma das paradas deve incluir aprendizagem online, possuindo ferramentas destinadas ao ensino à distância. A ideia é que os alunos, divididos em grupos, façam um rodízio pelos diversos pontos. 

 
Laboratório Rotacional  

O Laboratório Rotacional é uma metodologia ativa de ensino que consiste em dividir os alunos em dois espaços de trabalho, sendo um deles online, enquanto o outro espaço trabalha outras modalidades de aprendizagem. Neste modelo, eles rotacionam em diferentes salas dessa forma, os grupos passam pelas mesmas estações e aprendem de formas diferentes. 

Sala de aula invertida 

Neste modelo o método de entrega de conhecimento na aprendizagem acontece antes das aulas, ou seja, os professores entregam os materiais em formato de vídeo ou áudio para que os alunos estudem em casa e no seu tempo. Por isso, a aula presencial é foca em trabalhar os conceitos entregues anteriormente, tirar dúvidas e realizar atividades avaliativas.  

Dicas importantes na implantação do ensino híbrido 

Tenha um corpo docente colaborativo 

Para que a sua instituição de ensino implemente o ensino híbrido de forma eficaz e tenha bons resultados, é fundamental contar com os educadores.  

Capacite seus alunos 

Para implementar essa metodologia, é fundamental preparar e capacitar seus alunos. O primeiro passo é aplicar uma pesquisa sobre quais tecnologias fazem sentido para a estratégia de implantação da sua instituição de ensino.  

Monitoramento 

É fundamental realizar periodicamente monitoramentos através de ações e testes, sempre envolvendo os docentes de forma que se sintam parte desta mudança e que contribuam tanto para a parte estratégica e prática das ações.  

Espero que a sua instituição coloque todas as nossas dicas em prática e faça parte deste novo modelo de ensino.  

sua instituição de ensino já aderiu ou tem planos para implementar a modalidade de ensino híbrido? Compartilhe com a gente a sua experiência. 

Sobre o autor:

Jade Nascimento Analista de Marketing Digital na CRM Educacional.

COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias