(31) 2531-3161
WhatsApp
persona ies

Como criar um conteúdo atrativo para a persona da minha IES

Está precisando criar o conteúdo certo para suas personas e não sabe por onde começar?  

Neste artigo, você aprenderá um passo a passo para começar a utilizá-la na sua IES agora mesmo! 

Mas antes de começar a leitura deste artigo, te pergunto: Você sabe o que é uma persona? Sabe como criar uma persona para a sua instituição de ensino? 

Se você respondeu SIM para uma das duas perguntas acima, sugiro baixar o nosso e-book de como criar personas, neste link

Caso contrário, continue a leitura deste post e confira!  

Se você está com dúvidas sobre como criar o conteúdo certo, primeiro precisamos considerar um detalhe muito importante: para construir o conteúdo que atinja a sua persona, é necessário que você conheça muito bem os seus alunos atuais, pois eles são a melhor e mais atual fonte de pesquisa.  

Quando a sua instituição trabalha bem seus conteúdos, a chance de fortalecer a imagem da marca e converter mais inscritos em matriculados é grande. O que determina se esse conteúdo está atingindo as suas personas é o grau de identificação da sua instituição junto ao seu público, além de aumentar a visibilidade e a chance de atingir um público completamente novo.  

É fundamental que, ao produzir os conteúdos, você trabalhe a otimização desse material. O que isso quer dizer?  

Quer dizer que um bom trabalho de otimização de cada material, faz com que ele apareça no Google quando a sua persona procurar sobre aquele tema. Desta forma, quando um potencial aluno procurar ajuda no google, a sua instituição de ensino vai solucionar a dúvida daquela pessoa, criando uma conexão com ela. Oferecer ao seu público o que ele está procurando é a melhor forma de se aproximar e começar um relacionamento com o seu possível candidato. 

Agora que você já sabe os princípios para a construção desse conteúdo, já podemos te contar o passo a passo para uma Produção de Conteúdo de Sucesso.

Assim que você terminar de ler você será capaz de planejar todos os conteúdos para atingir suas personas

Vamos começar? 

1 Conheça o seu público 

Antes de começar a produzir, é importante você definir quem são as suas personas e com qual delas você irá conversar, ou seja, saber qual o perfil de pessoas a sua instituição agrega mais valor. Para ajudar nesse exercício, se pergunte: Quem a minha instituição deseja atingir? São pessoas que realmente podem se matricular?  

Considere as dores, anseios, dúvidas, necessidades e desejos dessas pessoas que quer atingir com seu conteúdo para que ele ser eficiente e traga os resultados que traçaram.  

Quero trazer um ponto de atenção, que ocorre com muita frequência no momento em que se estão construindo as personas: o excesso de personas. Isso pode acontecer pela variedade de cursos em diferentes áreas oferecidas pela instituição de ensino, e a mesma criar conteúdo específico para todas elas. E nós sabemos que isso não é possível no dia a dia de trabalho.  

Então vamos sempre lembrar que a construção das personas serve para facilitar a comunicação entre a instituição e o seu público, por isso que exagerar no número de personas pode surtir o efeito contrário que se espera. 

Coloque o foco da sua produção de conteúdo em um senso comum entre a maioria dos candidatos/alunos, desta forma a sua equipe de marketing terá mais sucesso nas suas ações estratégicas.   

Se você quiser saber mais sobre personas, não deixe de ler o post Personas – 4 passos para conhecer o perfil do seu futuro aluno. Você também pode baixar o e-book Como criar Personas para sua instituição de ensino, um guia de como criar personas para instituições de ensino. 

2 Definir os melhores canais para a sua IE 

Antes de você definir quais os canais de marketing que irá trabalhar em sua campanha, é fundamental entender que a sua instituição não precisa estar presente em todos eles, e sim, os que fazem sentido para o seu público. 

As redes sociais são canais muito importantes para fortalecer a interação com o seu público. Hoje, as opções são muitas: Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube, Twitter, Pinterest, Whatsapp, entre outras. Mas, para saber quais mídias sociais você deve trabalhar ou priorizar, verifique quais os principais canais utilizados pela sua persona e inclua estas mídias em suas campanhas de captação de alunos. O Whatsapp por exemplo, é um excelente canal para manter o fluxo de nutrição.  

Ter um blog ativo no site da sua instituição, é uma forma de entregar um outro formato de conteúdo, que seja capaz de trazer um novo público, mas ao mesmo tempo continua impactando o seu público atual por um longo tempo, construindo assim uma relação mais sólida. Outro benefício que a sua instituição ganha em manter o blog ativo, é gerar um tráfego contínuo e qualificado no Google, melhorando suas posições nas pesquisas orgânicas. 

O e-mail marketing é uma excelente forma de divulgar materiais como e-books, guias, infográficos, entre outros, que podem impactar o seu público em diferentes etapas do funil de captação. Você pode usar plataformas que vão te ajudar a automatizar os processos pontuando e qualificando os leads para que esses conteúdos sejam entregues no momento certo para os leads certos. 

3 Planejamento do conteúdo 

Sabendo quem são as suas personas e através de quais canais você vai se comunicar, este é o momento de planejar suas pautas e os formatos que irão agregar mais ao seu público e qual etapa do funil esse conteúdo será divulgado. 

Mas como saber qual o conteúdo e em qual momento? 

Antes de colocar isso em prática, você sabe o que é o inbound marketing?  

Inbound Marketing é uma metodologia que se baseia em educar e construir relação e está intimamente ligado com o SEO. No inbound marketing conseguimos ver várias etapas de conhecimento deste lead, por isso é necessário criar conteúdo para cada uma delas. 

Agora que você já sabe o conceito, vamos criar conteúdo pensando nas três etapas do funil: atrair visitantes (topo do funil), pessoas que estão mais próximas do momento de compra (meio de funil) e leads que são engajados então você precisa fidelizá-los fazendo com que eles comprem, ou seja, se inscrevem ou se matriculem. 

A grande vantagem do Inbound Marketing é que ele tende a entregar uma taxa de inscrição maior do que outros canais, isso acontece justamente pela jornada de educação que ele proporciona, como explicamos acima.  

É comum que grande parte dos leads originados de campanhas de mídias pagas se recusem a fazer a inscrição, e dos motivos para isso é que eles podem não estar preparados para tomar essa decisão de compra. 

4 Produção do conteúdo

Mãos à obra! Agora é o momento de dar vida a tudo o que vimos até agora, certo? 

Pense que o planejamento que você acabou de criar vai ser o seu guia daqui pra frente e comece a produzir. Mas não é só produzir, é divulgar o conteúdo da maneira certa. Lembra que falamos um pouco disso lá no começo do nosso artigo? 

Esse é o momento que vamos retornar e ver com mais detalhes a importância de otimizar os conteúdos que estão nas suas redes sociais e no seu site para os mecanismos de buscas, o SEO (Search Engine Optimization). 

Quando falamos de motores de buscas, nos referimos principalmente ao Google por ter uma diferença de participação gigantesca em relação aos outros motores de busca, mas eles estão presentes em outras plataformas como o You Tube por exemplo. 

Mas não podemos falar de SEO, sem falar da pesquisa de palavras-chave. 

Palavras-chave são os termos de buscas que os usuários digitam no Google quando precisam pesquisar algum tema. Por exemplo, quando alguém busca por “curso de administração”, o Google entende isso como uma palavra-chave. E é claro, que quando este fizer esta busca, você quer que ele chegue até o seu blog, e para que isso aconteça, você deve se posicionar entre os primeiros resultados de busca. 

Existem inúmeras possibilidades de palavras-chave, mas você poderá escolher as que mais fazem sentido para a sua estratégia considerando as suas personas no momento de produzir os conteúdos. Para isso, observe se o volume médio de buscas que o termo possui é considerável e também qual a intenção de busca do usuário.  

5 Monitore seus resultados 

Eu tenho certeza que depois de todos esses passos você conseguiu criar conteúdo atrativos para a sua persona de forma assertiva, certo? 

Mas para que você tenha certeza que os seus conteúdos deram certo, você precisa saber qual persona converteu mais em qual conteúdo e em qual formato e saber também o que se pode melhorar para os próximos é necessário analisar seus resultados.  

O ideal é conseguir fazer análises periódicas, mas se você estiver com uma campanha de captação de alunos ativa nas mídias (online e offline) tente medir diariamente. Assim você consegue fazer os ajustes em tempo real e alcanças as metas traçadas tanto pela equipe de marketing quanto pelo comercial, trazendo mais alunos para a sua instituição de ensino.  

Pronto, agora você já sabe como criar conteúdo de qualidade para as suas personas e aproveitar todos os benefícios desse passo a passo!  

Lembre-se que a sua equipe de marketing precisa estar se atualizando sempre em relação as tendências de mercado, concorrentes e sobre como o seu público está se comportando e consumindo conteúdo, pois o que é interessante para a sua IE hoje, pode se tornar irrelevante na próxima campanha. 

Quer saber dicas de conteúdo para atrair mais alunos para a sua instituição de ensino? Então nos siga nas redes sociais: Instagram e Linkedin

Sobre o autor:
Jade Nascimento
Analista de Marketing Digital na CRM Educacional.
Mais Recentes
COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias