(31) 2531-3161

Chat CRM Educacional

2º Panorama Mercado Educacional Privado: o boom e os caminhos prováveis do EAD

2º Panorama Mercado Educacional Privado: o boom e os caminhos prováveis do EAD

Publicado em 18 março 2019 e escrito por

O artigo de hoje será sobre Educação à Distância (EAD). Sabemos que este é um tema muito popular nos meios de comunicação especializados, e a educação sempre será um tema importante. Caso você pense “poxa, mais um artigo sobre EAD…” calma… dá pra entender!

Com o compromisso de oferecer um conteúdo realmente relevante – e interessante – o foco deste Panorama do Mercado Educacional vai evitar números recorrentes em detalhes, como números de matriculados e sua evolução, vai mostrar mais o ritmo de crescimento comparado com o presencial e, em seguida, propor algumas análises que levem ao questionamento e construção de novas visões. Por exemplo: Você sabe em quantas cidades do Brasil existem polos EAD? O EAD cresce mais nas capitais ou no interior dos estados? E quais os cursos mais procurados? Quem são e quantos alunos possuem os principais players?

Metodologicamente é importante ressaltar que este deve ser o primeiro artigo a ser atualizado com o CENSO da educação superior de 2018. Estamos utilizando para análise dados do CENSO 2017 e informações do site do E-MEC 2018.

Sabemos que, principalmente por conta do decreto 9.057/2017, que permitiu efetivamente o aumento do número de polos em todos o país, o cenário vai se alterar – e muito. Hoje, a estimativa é que existam aproximadamente 16.000 polos EAD no Brasil, sendo 13.300 pertencentes a instituições privadas de ensino.

Hoje são 1.591.000 alunos matriculados em EAD de IES privadas, contra 4.663.000 presencial no país. O ensino a distância representa 25% dos estudantes nessas instituições e em 2010 representava 16%.

Falando em tendências ou previsões futurísticas baseadas em matemática, a participação de estudantes EAD tende a mudar/aumentar já no próximo intake, pois confere a proporção de ingressantes, conforme o gráfico abaixo.

Nesse ritmo, em 2020, 50% dos ingressantes no ensino superior privado serão na modalidade EAD.

São vários pontos a serem considerados para avaliar esse vertiginoso crescimento da EAD, muitos discutidos diariamente em sua IE, como preço, acesso, facilidade, individualidade, flexibilidade entre outros. Agora, é importante destacar um em específico: a distribuição do EAD pelo país.

Considerando o número de cidades que possuem um polo EAD privado no Brasil hoje são um pouco mais de 1.400 cidades, em contrapartida, 760 possuem uma unidade de ensino presencial.

Assim, conclui-se que o ensino à distância está presente em quase 50% a mais de cidades que a modalidade presencial. O Brasil tem 5.570 municípios, 25% possuem um polo EAD e 13,6% uma unidade presencial.

Inspirados nessa lógica de distribuição do EAD no país, fizemos uma comparação entre o crescimento e número de alunos nas 27 capitais x as 1.373 cidades do interior. Descrevendo os resultados, temos 1.088.000 alunos nas cidades do interior e 502.507 nas 27 capitais do Brasil.

O ritmo de crescimento nos últimos 5 anos é de 11% e 14% respectivamente.  68% dos alunos que cursam EAD estão no interior e 51% dos alunos presenciais. Claro que temos diversas questões metodológicas nessa simples divisão, mas você já tinha considerado esses dados antes? Não são bons indícios de que o crescimento e disseminação do EAD no BRASIL transcende as obviedades de valor, flexibilidade ou preferência geracional?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reforçando as singularidades das duas modalidades de ensino no brasil – Presencial x EAD – , está a representatividade de cada tipo de formação. Partindo do presencial, 84% dos estudantes se formarão no Bacharelado, enquanto 8% no tecnólogos e 8% nas licenciaturas. No ensino a distância, os números são muito diferentes. 32% estão no tipo bacharelado, 28% no tecnólogo e 40% nas licenciatura.

Segundo os números do Censo, 166 instituições possuem alunos matriculados na modalidade a distância. A maior empresa EAD brasileira possuem 22,5% de share e se considerarmos as 5 maiores junta, ultrapassam os 70%. O mercado está extremamente concentrado pela estrutura e poder econômico destes grandes players.

Apesar de parecer impossível a competição, existe um leque de oportunidades para crescer no seu EAD. Dentre várias, podemos falar sobre a interiorização da atuação, através da regionalização da captação e micro influência. Quem conhece melhor a sua cidade? A cultura e as pessoas que moram aí? Fica o questionamento!

Quer conversar mais? Deixe seu comentário aqui embaixo.

Sobre o autor:

CRM Educacional

COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias