(31) 2531-3161

Chat CRM Educacional

Nota do ENEM na inscrição de candidatos: conquiste mais alunos

Nota do ENEM na inscrição de candidatos: conquiste mais alunos

Publicado em 23 janeiro 2015 e escrito por

Você com certeza tem acompanhado como o ENEM vem mobilizando cada vez mais quem deseja fazer um curso superior. Mesmo assim eu gostaria de te mostrar alguns números e logo depois te mostrar como você pode usar o ENEM na inscrição de candidatos. Me da 5 minutos?

Bom, segundo o ministro da educação da gestão anterior, que terminou seu mandado em 31/12/2014, Henrique Paim, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Chico Soares, o ENEM 2014 teve 9.519.827 inscrições, o que representa um aumento de 21,8% em relação ao ano anterior que recebeu 7.834.017 inscrições. Analisando um pouco mais fundo, vemos que em 2012 e 2011 receberam,  respectivamente, 6.495.446 e 6.221.697 inscrições. Ok, agora não é só impressão, esta comprovado que o ENEM se tornou caminho natural para os recém formados e interessados em ingressar em um curso superior! Mas como você pode usar isso a seu favor? Como aumentar os números das suas últimas campanhas de captação de alunos utilizando o ENEM na inscrição de candidatos?

Vou te apresentar duas formas de usar o ENEM na inscrição de candidatos

Vamos relembrar o processo de captação de alunos: primeiro o interessado se inscreve e logo depois de pagar a taxa ele é convidado a fazer a prova de seleção. Paramos por aqui, pois quero justamente falar sobre a prova. Sei que você está mais do que acostumado com o caminho que um interessado faz até se tornar um matriculado, mas e se encurtássemos essa jornada? Te interessa? Pensa comigo…

Qual é o trabalho que vocês tem para elaborar uma prova e preparar infraestrutura e pessoal para aplicá-la?

Não quero te incentivar a acabar com seu processo seletivo atual, mas veja só, se os candidatos do ENEM já são avaliados por uma prova bem elaborada e extremamente segura, porque não utilizar essa avaliação a seu favor e encurtar o caminho desse candidato? Para que obrigá-los a fazer duas provas?

Pois é, você pode fazer isso de duas maneiras:

ENEM na inscrição de candidatos  – Nota na inscrição

Uma forma de aproveitar a avaliação do ENEM na inscrição de candidatos é pedir para ele digitar sua nota na ficha de inscrição. Claro que você precisaria personalizar sua ficha de inscrição e já te falei que para isso você não precisa depender da equipe de TI, se lembra?

A grande vantagem dessa prática é que você não perde tempo, não perde mesmo! Assim que o interessado conclui sua inscrição informando sua nota no ENEM, você já consegue “aprovar” ou “pré-aprovar” esse candidato saindo na frente da concorrência. Entretanto, é claro que existe uma grande chance desse interessado se equivocar na hora de  informar a nota, mas ainda assim é interessante pois você pode convocá-lo imediatamente de acordo com seu rendimento no ENEM. Com o futuro aluno presente na sua IES para uma possível matrícula, cabe a você solicitar que ele comprove a nota informada no momento da inscrição, apresentando o boletim do ENEM. Você pode inclusive, colocar o link para impressão do boletim no e-mail automático de convocação!

ENEM na inscrição de alunos – Verificação no INEP

Caso não queira depender da sinceridade de um futuro aluno, você também pode consultar sua nota direto na fonte, o INEP.

Não tenho certeza se já faz uso disso, mas toda IES tem acesso a um portal do INEP que é utilizado  para fazer as consultas que necessárias. Procure ai na sua instituição que você encontrará os dados de acesso, provavelmente com o Pesquisador Institucional. Caso ainda não tenham, entre em contato com o INEP e providencie o acesso de vocês. Acredite, você vai querer as informações de lá.

Caso não conheça, esse é a área de acesso ao portal do INEP:

ENEM na inscrição de candidatos portal inep

Mas por que estou falando disso? Simples, tendo acesso as informações do INEP você pode construir a seguinte situação: criar um campo na sua ficha de inscrição onde o interessado informa se deseja usar ou não a nota do ENEM, solicita apenas o interesse e não a nota. Ao final das inscrições, você filtra todos os que mostraram interesse em utilizar o ENEM como método de avaliação e faz uma consulta no INEP, utilizando seus dados de acesso. Dessa forma você não dependeria mais do candidato, já que você faria o upload do arquivo contendo o CPF de todos os interessados no INEP e teria nota de cada um como resposta. A partir daí, é só analisar quem está dentro da sua nota de corte e convocar os aprovados.

A grande perda desta técnica é o tempo. No primeiro método, você consegue convocar o aluno imediatamento para que ele comprove sua nota e conclua sua matrícula. Fazendo a consulta no INEP, você trabalha com mais veracidade desde o início do seu processo, mas precisa aguardar o tempo de validar a nota do inscrito no INEP

Enfim, o que não falta são maneiras que conquistar mais alunos para sua IES. Neste ano de 2015, quero te mostrar que com a informação certa e com a ferramenta certa, seus números podem ser ainda melhores.

Sobre o autor:

Daniel Antonucci Mestre em Educação e possui MBA em Marketing e em Gestão Acadêmica e Universitária. Apaixonado por Gestão, Tecnologia e Relacionamentos e com experiência de mais de 15 anos no Ensino Superior Brasileiro é CEO e co-fundador do CRM Educacional, empresa especializada em CRM para Instituições de Ensino. É também sócio e conselheiro da 5Seleto – Agência de Marketing Digital especializada em Educação, conselheiro da Bearings Vocacional, empresa especializada em orientações de carreiras e também atua como Docente em cursos de MBA e em oficinas e cursos do SADEBR – Seminário de Ações Digitais na Educação Brasileira.

COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias