(31) 2531-3161

Chat CRM Educacional

Educação 4.0: o que as evoluções tecnológicas têm a ver com a sua IE

Educação 4.0: o que as evoluções tecnológicas têm a ver com a sua IE

Publicado em 19 julho 2019 e escrito por

A indústria 4.0 marca um novo contexto, que abrange inovações tecnológicas e culturais que estão atingindo desde os públicos mais jovens até os mais velhos. E da mesma forma, pensamos na educação 4.0.

O mercado está mudando, profissões estão desaparecendo e dando lugar a novas ocupações – muitas delas relacionadas a esse novo contexto tecnológico.

E é exatamente devido a essas mudanças de mentalidade, mercado e cultura que a educação está se transformando, juntamente com todo este turbilhão. Assim surge a chamada Educação 4.0.

O que é essa educação 4.0?

É o aprimoramento da educação para a indústria 4.0, que tem sua existência marcada por novas gerações e novos modelos de aprendizado. 

Basta pensar: sua IE está preparando seus alunos para o mundo em constante desenvolvimento no qual estamos vivendo?

Ela está acompanhando o surgimento dos lifelong learners e já sabe o que isso significa para o mercado de educação?

Se a resposta é não, é hora de começar a pensar em como implementá-la na sua IE.

Para entender um pouco sobre o contexto cultural que está sendo construído pelo desenvolvimento constante da tecnologia, no último “palavra do CEO”, Daniel Antonucci falou sobre o “Mundo VUCA”. Ele complementa bem este conceito e você pode conferir este conteúdo por aqui.

No entanto, a educação 4.0 já é uma realidade e para lidar com todas essas mudanças de contexto, há alguns parâmetros condutores, que são:

  • A conectividade como poder de acessar conhecimento de qualquer lugar e de várias maneiras diferentes;
  • A inteligência artificial como impulsionadora de padrões de aprendizado e melhoria de fluxos de ensino;
  • Novas mídias (youtube, facebook, instagram, blogs, websites…);
  • Mudanças tecnológicas em velocidade cada vez maior;
  • Necessidade da aquisição de novas habilidades a todo momento.

E como esse novo modelo de educação impacta no funcionamento das IE?

O futuro do aprendizado se enquadra no conceito “Learning by doing” – em português, aprender fazendo. 

Isso quer dizer que as pessoas estão aprendendo melhor quando praticam o que antes era apenas teoria.

E isso pode ser feito por meio de trabalhos em campo/imersivos, projetos práticos, atividades em grupo, exercícios que garantem o desenvolvimento da colaboratividade entre as partes envolvidas e claro, testes e mais testes.

Afinal, um sistema de educação baseado no conceito de cultura maker não pode funcionar como uma receita de bolo. A tecnologia funciona a partir de experiências.

E como os seus alunos estão sendo preparados para este novo mercado?

Para se enquadrar em um contexto empreendedor como a indústria 4.0 é importante que o aluno aprenda além de teorias e ferramentas em sala de aula. 

É necessário saber lidar com as pessoas de forma colaborativa, desenvolver competências socioemocionais, se tornar interdisciplinar e saber utilizar a autonomia com inteligência.

A CRM Educacional acredita que a base para a transformação da cultura interna das IE para os moldes da educação 4.0 acontece quando o relacionamento com o aluno se torna natural, personalizado, ágil e efetivo.

Isso tudo tem a ver com mais do que instalar um sistema de gestão: tem a ver com a implantação de um novo modo de se trabalhar e se relacionar com o público. 

Se você quer entender um pouco mais sobre a educação 4.0 e como a CRM Educacional pode te ajudar a se preparar para ela, você pode entrar em contato com a nossa equipe por aqui ou então acessar a 3ª edição da Pesquisa Fala Comigo.

Sobre o autor:

Antonio Mazza especialista em marketing e atendimento digital para instituições de ensino. Possui MBA em Marketing e Gestão acadêmica e universitária. Trabalha na área há mais de 15 anos e já passou por muitos altos e baixos quando se fala de captação e gestão de evasão de alunos e por isso, tem muito a nos dizer sobre sua experiência.

COMPARTILHE:

Outras notícias Mais relevantes Últimos dias