(31) 2531-3161
WhatsApp

Chat CRM Educacional

4 Dicas para Montar um Planejamento Estratégico Digital para IES

4 Dicas para Montar um Planejamento Estratégico Digital para IES

Publicado em 10 abril 2017 e escrito por

Para ter sucesso na captação e retenção de alunos, todas as áreas da administração de uma instituição precisam apresentar um planejamento estratégico bem definido, principalmente no comercial, processo seletivo e marketing. Afinal, analisar objetivos, metas e o passo a passo para se alcançar o que foi previsto e combinado torna o processo mais claro e, consequentemente, mais viável.

Na estratégia de marketing digital isso não é diferente. Desenvolver e aplicar ações que fortaleçam a presença online de uma instituição de ensino exige extensa pesquisa, muito planejamento prévio e análise constante de métricas e resultados.

Por isso, trouxemos hoje 4 dicas para montar um planejamento estratégico digital para IES. Continue a leitura e saiba mais!

Alguns passos importantes para você montar um planejamento estratégico digital para IES

1. Entenda o cenário

Já falamos sobre definir objetivos. Esse é o primeiro passo para montar um planejamento estratégico digital de sucesso. Contudo, para definir metas realistas, é preciso possuir um diagnóstico muito bom de mercado e também conhecer os pontos fortes e fracos de sua IES.

Entender o cenário em que sua instituição está inserida contribuirá para construir o caminho certo para o sucesso. Utilize-se de pesquisas sobre os seus próprios alunos, além de observar os concorrentes.

Um bom benchmark e dados que podem ser trazidos por seus alunos atuais, certamente serão indicativos relevante para verificar quais melhores ações podem ser tomadas.

2. Planeje a longo (e curto) prazo

Um planejamento estratégico não deve definir objetivos que estejam muitos anos à frente. Isso vai tornar o processo desgastante, uma vez que os resultados vão demorar a chegar ou se perderão no caminho.

Contudo, saiba onde sua IES quer estar num período de tempo um pouco mais extenso, como um, três ou cinco anos. Uma vez que as metas para esse período estejam claras, quebre-as em pequenas partes(metas) dentro de cada intake — como trimestres ou semestres. Isso ajuda a manter o foco e torna o trabalho para o resultado final claro e bem direcionado.

3. Lembre-se de revisar

Você traçou um planejamento estratégico digital para sua IES com todas as metas, o período de tempo e o objetivo principal. Contudo, em algum momento do caminho, as coisas começam a andar para trás. Por que isso acontece?

É durante o caminho para o crescimento que uma empresa pode conhecer algumas de suas limitações ou até pontos fortes antes desconsiderados. Por isso, nada mais natural do que revisar alguns pontos do plano estratégico e alterá-los, se necessário. Concentrar-se em se aperfeiçoar sempre deve fazer parte da estratégia. O processo é dinâmico!

4. Acompanhe os KPIs

Monitorar cada passo do planejamento estratégico digital é indispensável. Essa ação permite avaliar a eficácia do plano, perceber se é preciso revisá-lo — como falamos no item anterior — e, claro, acompanhar os resultados passo a passo.

Contudo, é preciso definir os KPIs corretos a serem analisados. Seu objetivo é gerar leads, ganhar autoridade na área, conseguir reter mais alunos, diminuir a taxa de evasão?

Com isso bem definido, identifique quais métricas são indicativas desses pontos — utilizando um software de CRM, por exemplo — e acompanhe-as durante todo o processo.

E então, gostou de saber nossas dicas sobre montar um planejamento estratégico digital para IES? Sua instituição de ensino já possui um planejamento estratégico digital? E um estratégia de CRM? Pretende aplicar? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!

Sobre o autor:

Daniel Antonucci CEO e Co-Founder na CRM Educacional, empresa especializada em Captação, Permanência e Fidelização de Alunos, também atua como docente em cursos de MBA de Marketing e de Tecnologia da Informação e realiza palestras em diversas Faculdades e Universidades pelo Brasil. Possui formação em Inovação e Empreendedorismo em Stanford, MBA em Marketing pela ESPM e Mestrado em Gestão pelo Centro Paula Souza, onde desenvolveu pesquisa sobre Modelos de Maturidade de Gestão Acadêmica em Instituições de Ensino Superior, além de especialização em ferramentas de CRM como o Dynamics CRM da Microsoft. Atua também no Conselho de Administração de empresas de marketing e tecnologia.

COMPARTILHE: