(31) 2531-3161
WhatsApp

Chat CRM Educacional

Alunos no ensino médio: 8 Milhões de oportunidades para IES

Alunos no ensino médio: 8 Milhões de oportunidades para IES

Publicado em 12 novembro 2015 e escrito por

Você sabia que no Brasil existem mais de 2400 instituições de ensino superior e que destas, mais de 2100 são privadas? Não é à toa que a cada ano que passa menos se ouve falar sobre os tradicionais processos seletivos. Sim, aqueles repletos de questões, cansativos, estressantes, pra falar a verdade, as vezes até chatos.

Nas instituições de ensino em que venho atuando nos processos de captação, cada vez mais as vejo atuando com formatos mais simplificados, provas simples, agendadas de acordo com a disponibilidade do provável aluno, outras apenas com redação, redução nas taxas de inscrição, sem contar com o já tradicional ENEM e as transferências de alunos de uma instituição para outra.

Concordo que tem muita gente que ainda fica meio desconfortável quando o assunto é facilitar a entrada — na verdade eu entendo esse sentimento — mas não estou dizendo aqui para deixar qualquer aluno entrar, estou apenas afirmando que o paradigma de Seleção mudou para Captação + Seleção. Poderia até falar mais sobre isso, mas com toda essa concorrência é difícil não começar a quebrar certos paradigmas, não é mesmo? Ainda mais com este ano de 2015 tão conturbado para nossa área da educação.

Então, voltando a falar um pouco mais de números, mas agora de números positivos. Se por um lado temos mais 2400 instituições de ensino superior em todo país, existem também mais de 190.000 escolas reunindo mais de 8 milhões de alunos no ensino médio no Brasil. É muito aluno, não acha? Ou melhor: é muita oportunidade.

Pena que em algumas regiões houve um aumento no número de abandonos, mas mesmo assim ainda tem muita gente querendo fazer uma graduação.

Agora deixe eu te fazer uma pergunta: o que você anda fazendo na prática pra atrair os alunos das escolas de sua região?

Se a resposta for “faço campanhas de busdoor, outdoor, mídias sociais e até anúncios em TV”, você não entendeu a minha pergunta. Eu quero saber como você age sabendo que seus alunos estão nessas 190.000 escolas de ensino médio, como se relaciona com elas?

Aproximação com os alunos no ensino médio

Você nunca pensou em se aproximar dos alunos no ensino médio? E do ensino fundamental? Acha distante demais?

Pense bem, não acha que se esses jovens crescerem com a certeza de que sua marca é sinônimo de qualidade poderia te render bons frutos? Talvez já tenha pensando, mas se ainda não conseguiu colocar algo parecido em prática, vou te dar algumas dicas de como conquistar alunos no ensino médio e fundamental num relacionamento de longo prazo

Então, existem várias ações que você pode trabalhar e um detalhe muito bacana é que algumas destas ações são extremamente simples, baratas e eficazes. Existem adjetivos melhores do que esses?
É claro que você também pode investir um pouco mais e trabalhar de forma mais agressiva e, por consequência, ter um retorno melhor ou mais rápido. Mas na verdade, o que importa é começar a agir.

Como conquistar alunos no ensino médio

Que tal tentar uma parceria com algumas escolas da sua região? Você pode oferecer uma relação em que sua instituição ofereça algum tipo de palestra ou um “dia de universitário”, a famosa visita guiada, para os alunos do 3º ano. Dessa forma você pode solicitar o preenchimento de um cadastro para este evento, pegando o contato de cada aluno e a escola agrega valor para sua própria marca, pois esse programa é um diferencial no mercado.

Tem noção do quanto o seu marketing poderia viajar com uma lista dessas? Aliás, o que você faria com a lista dos alunos no ensino médio que irão se formar no final do ano? Bem, aí convenhamos que o céu é o limite, esta é a melhor das “dores de cabeça”.

Só pra começar, eu realmente faria uma campanha de marketing bem legal voltada ao aluno no ensino médio, apresentando minha instituição, mostrando tudo de bacana que existe nela pra que estes alunos passem a nos enxergar com mais atenção, ou melhor, que realmente nos considerem como uma boa escolha para o vestibular. Com uma linguagem adequada à persona (se você não está familiarizado com este tema, cliquei aqui), mostrando que a sua Instituição de Ensino entende a realidade dele e que a vida letiva dele não será um bicho de sete cabeças.

E por falar em entender a realidade deles, é sempre válido lembrar a dúvida que a maioria de NÓS passamos na hora de escolher o curso que mais nos identificamos. Ta aí uma boa dica de ação: o que acha de fazer uma série do tipo “o que quero ser quando crescer”, ou algo menos infantil dependendo do público. Você pode enviar mensagens e fazer palestras para esses alunos apresentando melhor alguns cursos, profissões e mercado de trabalho que se pode ter com cada um.

Alguns países fazem esse trabalho fisicamente, é o que eles chamam de consultor vocacional. Uma equipe fica responsável por acompanhar alguns alunos no ensino médio. Eles fazem um trabalho bem interessante, não só de conversar com o aluno, mas a família dele, fazendo visitas durante todo o ensino médio e ajudando na escolha da profissão, orientando a família sobre as políticas de bolsas, convidando-os a conhecer a estruturada da instituição, aulas experimentais e tudo que possa envolver essa passagem do ensino médio para a graduação. Por falar nisso, essa passagem fica ainda mais natural para a instituição, não é verdade? É claro que a concorrência com as públicas sempre é mais complicada, mas com certeza este tipo de trabalho nos deixa muito mais fortes nesta concorrência.

Aliás, já que estou propondo uma ação não muito convencional,  porque não fazer uma campanha específicas para os pais? Quantos alunos no ensino médio ainda dependem dos pais para iniciar a faculdade? Não só com relação à finanças, mas também para tomar sua decisão na hora “H”. Então, seria genial apresentar à família algumas condições que façam com que eles também nos considerem como possível escolha. Traga os agentes influenciadores para o seu lado!

Outra forma legal de se trabalhar, ainda na linha de criar um relacionamento com a escola, é criar um processo seletivo específico para alunos no ensino médio. Iniciando no 1º ano e finalizando no 3º ano, onde a soma das três notas é usada pra definir o seu ingresso. Já pensou o quanto é importante você ir criando um laço com o aluno deste o 1º ano? Durante todo o ensino médio ele foi se acostumando com o seu processo de vestibular e sem aquela carga de estresse nos processos tradicionais. E sabe o que é mais legal? Quando chegar o momento de definir a instituição onde ele vai estudar, com certeza ele vai levar em consideração a sua instituição. Mais do isso, como você mantem contatos constantes com ele através de campanhas e dicas, o processo de escolha pela sua instituição se torna algo natura, afinal, ele cresceu com vocês.

É claro que tem aqueles alunos que preferem não fazer este tipo de processo tão cedo, mas nem por isso vamos desistir deles, não é? Pelo contrário, você precisa encontrar alguma forma de se aproximar e uma forma que encontrei é esperar eles chegarem no 2º ano e convidá-los a prestar um vestibular como “treineiros” mesmo. Isso os deixam mais tranquilos por se tratar apenas de um ‘test drive’, mas que servirá como base do que é uma prova de vestibular. Quando ele entrar no famoso terceirão, já estará mais preparado sobre o conteúdo e com a “pegada” destas provas.

Como fazer contato com os alunos no ensino médio

Esta se perguntando: ‘Nossa, mas como enviar e-mails marketing pra todos estes alunos e seus pais?’  Bem, quanto a isso fique tranquilo por que eu te ajudo, afinal, somos especializados em relacionamento e é o que mais falamos aqui, não é mesmo?

Você não tem ideia de como é simples criar esse planejamento, e o melhor, tudo automatizado. Com um sistema CRM especializado para o ensino superior, basta você preparar o conteúdo de e-mail e SMS e deixar que a automação faça sua mágica. Mais uma vez, não se preocupe que eu também posso te ajudar nessa hora. O legal é que depois que você fizer a primeiro contato com eles, os demais ficarão ainda mais simples e rápidos.

Então, eu comentei apenas alguns exemplos pra te ajudar a trabalhar com as escolas, mas existem vários outros tipos de trabalhos. O mais importante agora é você começar a trabalhar com as escolas de ensino médio. Pense sobre o assunto, ok? Com certeza vai conseguir resultados bem legais.

E se você ainda ficar com alguma dúvida sobre o assunto, me procure que te ajudo, tudo bem?

Sobre o autor:

Daniel Antonucci CEO e Co-Founder na CRM Educacional, empresa especializada em Captação, Permanência e Fidelização de Alunos, também atua como docente em cursos de MBA de Marketing e de Tecnologia da Informação e realiza palestras em diversas Faculdades e Universidades pelo Brasil. Possui formação em Inovação e Empreendedorismo em Stanford, MBA em Marketing pela ESPM e Mestrado em Gestão pelo Centro Paula Souza, onde desenvolveu pesquisa sobre Modelos de Maturidade de Gestão Acadêmica em Instituições de Ensino Superior, além de especialização em ferramentas de CRM como o Dynamics CRM da Microsoft. Atua também no Conselho de Administração de empresas de marketing e tecnologia.

COMPARTILHE: