O que é Retenção de Alunos

 In Mercado educacional, Problemas Gestão Educacional, Relacionamento e Retenção

Retenção de Alunos é um conjunto de estratégias e ações desenvolvidas por uma instituição de ensino para ajudar seus alunos matriculados a chegarem até o final do curso e conseguirem o tão sonhado diploma.

O conjunto de estratégias que compõe o processo de retenção de alunos pode mudar de acordo com o tipo de ensino que uma instituição oferece. A principio, iremos detalhar três categorias, ou tipos de ensino, que são os mais difundidos atualmente no Brasil:

  • Ensino Superior – Faculdades, Centros Universitários e Universidades
  • Educação Básica Escolas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio
  • Cursos Livres – Escolas de Inglês (línguas), de Música ou qualquer outro curso que não seja regulamentado em uma das duas categorias acima são compreendidas nesta categoria.

Em todas as categorias, o processo de retenção deve ser organizado de acordo com as dimensões que afetam a permanência de um aluno no curso, sendo:

Dimensão Acadêmica – É o acompanhamento do desempenho acadêmico do aluno avaliando nota e frequência nas disciplinas matriculadas.

Dimensão Financeira – É o acompanhamento das questões financeiras do aluno para saber se seu aluno é adimplente, se possui bolsas e financiamentos, se possui acordos financeiros. Além disso, saber se o aluno tem uma alimentação adequada e se ele tem condições de locomover ate o local das aulas.

Dimensão Geográfica – É saber quanto tempo seu aluno gasta no deslocamento até a sua instituição, se isso afeta o seu desejo em continuar os estudos ou seu desempenho nos estudos.

Dimensão Comportamental – É o acompanhamento das ações e manifestações dos alunos por meio de sua disciplina em classe e também nas manifestações por diversos canais extraclasse: redes sociais, ouvidoria, fale conosco. É fundamental estar atento a tudo que seu aluno sente, fala e pensa.

Algumas ferramentas, como a CRM Educacional, possuem cálculos preditivos que ajudam a identificar quais alunos irão evadir, antes mesmo disso acontecer. Desta forma, a instituição pode se concentrar em acionar os alunos com maior probabilidade de evasão, evitando assim um maior percentual de evasão.

Estratégias e Ações para Retenção de Alunos

Em cada nível de ensino, uma das categorias acima pode ter mais peso que para outra e, por isso, é importante delinear exatamente quais os aspectos que mais afetam determinada população para estabelecer quais os melhores critérios para ela.

Alguns exemplos de ações para retenção de alunos no Ensino Superior

  • Orientação vocacional, para avaliar se o aluno escolheu a carreira correta
  • Aulas e atividades de reforço, para alunos que estão com dificuldade em determinadas disciplinas
  • Oferta de financiamentos estudantis (como FIES, PROUNI, PRAVALER) para alunos com dificuldades no pagamento das mensalidades
  • Oferta de programas de bolsas e estágios na faculdade para alunos com dificuldades no pagamento das mensalidades

Alguns exemplos de ações para retenção de alunos na Educação Básica

  • Relacionamento próximo dos pais e/ou tutores mostrando a evolução da criança
  • Acompanhamento especial para crianças com dificuldades na aprendizagem
  • Palestras e minicursos para os pais, com orientações na formação de crianças
  • Bolsas e descontos para famílias (além de irmãos)
  • Programas de indicação de alunos com direito a descontos por indicação

Alguns exemplos de ações para retenção de alunos em Cursos Livres

  • Emissão de certificados intermediários para comprovar conhecimento dos alunos
  • Convênio com empresas para oferta de estágios e empregos
  • Programas de indicação de alunos com direito a descontos por indicação
  • Convênio com empresas para oferta de preços e condições especiais para funcionários estudarem na escola

Recent Posts

Leave a Comment

retenção dos alunosengajamento de alunos de EAD

Vendas: 11 3900.1190 | Contato: Clique aqui